São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

DROGA. Cartel de Tijuana em guerra. Fim de semana com 15 mortos.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 27 de abril de 2008.

família Arelano Félix.



O cartel de Tijuana, apesar das prisões dos irmãos Arellano Felix, é considerado um dos mais potentes e violentos do planeta.


Ele leva o nome da cidade que faz fronteira com os EUA e foi formado pela potente família Arrelano Félix.


O cartel de Tijuana controla o tráfico de cocaína e heroína pelo Pacífico e pelo Golfo da Califórnia. Mantém lanços com cartelitos colombianos, que o abastece de cloridrato de cocaína destinado aos EUA e ao próprio México.


O grande poder corruptor do cartel de Tijuana foi muito bem mostrado no excelente filme Traffic, disponível nas locadoras de vídeos.


o veleiro pescado do caçuça dos Arelano Félix, apelidado El Trigrilo.


A família Arellano Félix foi alvo da americana DEA (Drug Enforcement Agecy), que colaborou, no então governo do presidente Fox, nas prisões dos principais operadores.


O caçula dos Arellano Felix foi preso espetacularmente, numa operação que, além da DEA, envolveu os 007 da CIA. Em 2006, quando realizava pesca submarina no Pacífico, o jovem Javier Arellano Felix teve o seu megaveleiro coberto por uma gigantesca e pesada rede de pesca. A rede foi jogada por um helicóptero da polícia. Cobriu o veleiro a impedir a a sua deslocação e “pescou” Javier, conhecido pelo apelido de “El Tigrilo”.


Neste final de semana, o cartel deu sinal de divisão interna. Duas facções, segundo a polícia, entraram em guerra e 15 membros do cartel foram mortos. As facções em guerra usaram as metralhadoras russas kalashnikov, consideradas as melhores do mundo.


A “guerra” entre as facções, sempre segundo a polícia mexicana, começou no centro comercial de Tijuana. Além das 15 mortes, dezenas de feridos ficaram imobilizados nas ruas e foram recolhidos pela polícia e encaminhados, presos, para hospitais.


.


Para alguns analistas internacionais que analisam o fenômeno das drogas para organismos internacionais-- incluído o abaixo assinado ---, pode-se não se tratar de conflito interno, mas de restabelecimento de bandos de traficantes de drogas, em face do enfraquecimento estrutural do cartel de Tijuana.


PANO RÁPIDO . O clã dos Arellano Félix, fundadores e operadoras do cartel de Tijuana, conseguiram hegemonia no controle do tráfico de drogas depois de inúmeras “guerras” com bandos menores na região da Baixa Califórnia.


Esses bandos voltaram a atuar com as prisões de Jorge Aureliano Félix, apelidado El Macumba, e Efraín Pérez Pasuengo, conhecido por El Efra, que eram os números 1 e 2 na hierarquia do cartel de Tijuana. E os bandos independentes multiplicarem-se depois da espetacular prisão de El Tigrilo, o caçula dos Arellano Félix. --Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet