São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Direitos Humanos. Tibete. Novas Pressões Internacionais.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 10 de abril de 2008.

Enquanto continuarem os protestos contra a China e pró-Tibete, os políticos vão realinhar os seus discursos e mudar as rotas anteriormente traçadas: confira, abaixo, “posts” sobre o premier inglês George Brown e o presidente George W.Bush.

##foto2222#3

A secretária de Estado Condoleezza Rice, por exemplo, resolveu ocupar um espaço na mídia, com relação ao tema Tibete.

Condoleezza acaba de informar que está a considerar da possibilidade de instalar um consulado norte-americano no Tibete, não especificando se em Lhasa ou outra cidade.

Enquanto isso, o presidente do Parlamento europeu, Hans Gert Pöttering reafirmou que, caso a China não retome o diálogo com o Dalai Lama, os 27 líderes parlamentares europeus não comparecerão à abertura dos jogos olímpicos.

Por sua vez, o presidente da Comissão Européia (órgão executivo da EU), José Manuel Barroso, disse que estará na China por três dias (23 a 25 de abril) e, com sete comissários, externará sua preocupação com relação à situação no Tibet. Para o português Barroso, as celebrações numa Olimpíada não se coadunam com situações de repressão e tensão.” --Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet