São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

DROGAS. Campanha em Israel confunde usuário com terrorista.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 6 de abril de 2008.



Calma. Não é minha essa absurda e ridícula conclusão, ou seja, considerar o usuário de drogas um terroristas.

Tudo faz parte de uma campanha de mídia que começou ontem a ser veiculada em Israel.

Para o “czar” antidrogas do estado hebreu, a campanha irá ajudar na redução do consumo de drogas proibidas, em especial a marijuana, abundante no Líbano e de lá procedente.

O objetivo é associar o líder do Hezbollah, --considerada uma organização terrorista por Israel, EUA e União Européia--, ao tráfico e ao consumo de drogas.

Provocatória, imprópria e de mau-gosto, para dizer o mínimo, usa-se na campnaha a figura de Hassan Nasrallah, líder libanês do Hezbollah, organização xiita e de perfil filo-iraniano.

Nos “posters” produzidos para as paredes das escolas e das ruas das cidades israelenses, Nasrallah aparece como se fosse o gênio da lâmpada de Aladim. Só que Nasrallah surge da fumaça de maconha que escapa de um “bong”, recipiente também conhecido por water-pipe.

Parêntese: o “bong” ou “water-pipe” é usado para se fumar ervas, como o tabaco e a cannabis. Pelo seu formato compositivo, a fumaça entra em contacto com a água posta no recipiente e borbulha durante o resfriamento. Uma vez resfriada, a fumaça é inalada e esse processo suaviza o contato com as vias respiratórias. A utilização do “bong” é considerada a maneira mais suave e agradável de se fumar. E uma grande quantidade de “fumaça resfriada” pode ser inalada rapidamente, sem esforço. Parêntese fechado.




Como reforço, a campanha vai divulgar que as forças israelenses de ordem seqüestraram, há pouco, 32 kg de heroína pura na fronteira com o Líbano e a droga seria ofertada, vendida, em Israel.

No “pôster”, abaixo do “bong”, da fumaça e da figura de Hassan Nasrallah, uma frase de alerta diz o seguinte: “O hezbollah está claramente pronto a executar um projeto voltado a inundar Israel com as drogas, um verdadeiro perigo para a nossa sociedade. Cada um que consome drogas tomará parte no próximo ataque terrorista”

Deve-se frisar que o consumo de marijuana em Israel é elevado, especialmente entre os jovens da animada e alegre Tel Aviv.

-Wálter Fanganiello Maierovitch.-


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet