São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Carla Bruni, primeira-dama francesa, rouba a cena. Tablóides mostram a visitante nua, quando era modelo.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 26 de março de 2008.

ROMA, 22 hs (Brasil, 18 horas) Programão. Acabo de assistir aos telejornais italianos e franceses. E Carla Bruni estava magnífica, na sua primeira visita oficial, ao lado do marido Nocolas Sarkozy.

Carla Bruni.


Lembrei tanto da Jacqueline Kennedy, sua elegância e superioridade ao lado do cafajeste do marido, um mulherengo que a deixava por qualquer prostituta de “bas-fond” de quinta. E Sarkozy já teve a popularidade em declínio por suas palhaçadas com a ex-esposa e aventuras nada protocolares.

Para uma visita de 36 horas, Sarkozyo desembarcou em Londres, com a belíssima Carla Bruni, ex-modelo de sucesso e a sua nova esposa.

Pegaram carroagem preta e dourada para chegar ao castelo de Windsor e encontrar a rainha e o seu marido, conhecido por sofrer de laborfobia aguda, desde o nascimento.

Com impecável costume cinza e luvas pretas, ela deu uma dobradinha de joelhos à frente da Rainha, antes de estender a mão para cumprimentar: “noblesse oblige”, ou melhor, a realeza impõe e a visitante obedece.

Carla bruni, quando top-model.


A propósito, confira a foto ao lado , que estará, seguramente, estampada em todos os jornais ocidentais.

PANO RÁPIDO. Carla Bruni roubou a cena e os bobocas dos tablóides publicaram suas fotos nuas, quando era top-model e cumpria contratos profissionais.
--Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet