São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

ANTIMAFIA: modelo de exportação.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 22 de janeiro de 2008.

don Luigi Ciotti, da Associazione Libera.


Ontem em Cracóvia (Polônia) ocorreu a abertura do encontro de jovens contra as máfias e que reuniu 400 participantes.

O encontro, que vai durar cinco dias, foi organizado pela associação Libera, gestora de uma rede civil composta por 46 organizações de jovens dedicados a trabalhos voluntários ligados a disseminar uma cultura de paz, respeito a direitos humanos e contra as máfias. Essas 46 organização não governamentais estão espalhadas por 26 países.

As palestras e os debates versarão sobre os seguintes temas: máfias, drogas ilícitas, armas de fogo, ecocrimes, tráfego de pessoas.

Ao iniciar os trabalhos, um adolescente italiano, alertou: - “ Máfias e criminalidade organizada estão em toda parte, não conhecem limites”. Com suas palavras, repetia o saudoso juiz Giovanni Falcone, mártir da luta contra as máfias. Para Falcone, as máfias atuam sem limitação de fronteiras, daí a necessidade de cooperação internacional

A Associazione Libera, nascida em Torino (Itália) por iniciativa do festejado Don Luigi Ciutti , dedica-se a um trabalho antimáfia desde 1995. Essa associação cresceu a ponto de reunir mais de 1.300 operadores, todos envolvidos na execução do projeto denominado Liberdade, legalidade e direitos na Europa.

O encontro de Cracóvia agradou Franco Frattini, vice-presidente da Comissão Européia (órgão da União Européia). Ele chamou os jovens de “embaixadores itinerantes” e os convidou para um evento em Bruxelas, que ocorrerá no próximo mês de junho.

Pano Rápido. A obra de Don Ciotti é muito importante. Ele organiza as chamadas Caranas da Legalidade, que uma vez por ano para numa cidade européia para discutir temas importantes em praça pública. Em 23 de maio de 2007, a nave da legalidade atracou, com centenas de jovens da escola média, em Palermo. Foi para relembrar os aniversários de morte de Giovanni Falcone(maio de 1992) e Paolo Borselino (julho de 1992), juízes da antimáfia que morreram dinamitados pela Cosa Nostra.

Wálter Fanganiello Maierovitch.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet