São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

TERROR. Filho de Benazir vira sexy-simbol e página-internet é tirada do ar.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 3 de janeiro de 2008.

Bilawal Bhutto, em festa de Halloween, na universidade de Oxford



A mãe, Benazir Bhutto, era uma mulher muito bonita. Não sei o que pensa a respeito o meu companheiro do boletim Justiça e Cidadania, jornalista Milton Jung. No Rio Grande do Sul, e quando jovem estudante do curso ginasial, organizou desfile para escolha da miss dos colegiais. Não deu para consultá-lo, pois está em período de descanso, “com as pernas livres”, conforme informa o seu blog.

Segundo dizem, Benazir puxara o pai, ex-premier executado pelos generais golpistas, depois de lhe apearem do poder.

Benazir teve três filhos. O único homem, Bilawal Bhutto, passou, depois da tragédia de 27 de dezembro de 2007 e da sua inesperada assunção à presidência do Partido Popular do Paquistão, a ter sua página-internet, na norte-americana Facebook (página criada entre os universitários dos EUA), visitada por milhares de adolescentes do mundo inteiro.

Sem querer, Bilawal, que gosta como todo jovem americano de assistir os Simpson e é fã de Michael Moore e Quentin Tarantino, ficou preocupado e tirou a página do ar. Seus dados, agora, só aparecem, no âmbito universitário e on- line, na revista Radar.

Bilawal, de 19 anos, estuda na famosa universidade de Oxford, onde pretende, conforme revelava a sua página no Facebook, concluir o curso. Ou seja, continuará nos EUA, fato que acalmará as jovens adolescente que, por e.mail, pediam para que os paquistaneses não o matassem, como fizeram com a mãe e o avô.

O jovem e neolíder paquistanês nasceu em setembro de 1988, um mês antes da sua mãe ser escolhida para o cargo de primeiro-ministro. Seria a primeira mulher, democrata e laica, a assumir o cargo de premier num país islâmico. Benazir foi eleita por duas vezes para ocupar o encargo de primeiro-ministro. Em 1999 se auto impôs um exílio, preferível a conviver com militares golpistas, caso do atual ditador Pervez Musharraf.

BILAWAL BHUTTO.



Bilawal rumou para o exílio com a mãe e as irmãs. Viveu em Dubai, Londres e Nova York. Segundo os estudantes de Oxford, o colega Bilawal é alegre e uma das fotos da sua página Facebook mostrava-o numa festa de halloween.

Pano Rápido. Como Bilawal comandará à distância o Partido ? É cedo ainda para dizer, dada a proximidade da tragédia e o conturbado ambiente político no Paquistão. Uma coisa é certa, no entanto. Seu pai-viúvo, uma “tranqueira” já se envolveu em inúmeros casos de corrupção. O pai é o vice-presidente do partido e continuará no Paquistão. Se virar “laranja” do pai, Bilawal vai acabar se complicando, como já ocorreu, em vida, com Benazir, que nunca se separou do maridão “mala”, apelidado, no Paquistão, de “dr.Comissões”. Wálter Fanganiello Maierovitch.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet