São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Drogas e Violência. Governo da Grã Bretanha comemora.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 24 de outubro de 2007.

Adolescentes usam menos maconha na GB.




Os analistas do respeitado Home Office britânico acabaram de divulgar o trabalho comparativo sobre crimes e drogas, referentes aos períodos de abril e junho de 2006 e de 2007. Isto para a Inglaterra e o país de Gales.

Mas, com relação aos crimes consumados por autores sob efeito de drogas ilícitas, ocorreu significativo aumento da ordem de 14%, sempre feita a comparação de 2006 e 2007, no período entre abril de junho. Para ter idéia, foram consumados 48 mil delitos em 2006 (abril e junho) e 55 mil em 2007 (abril e junho).

Excluídos os conexos às drogas, houve redução de 7%, sempre numa comparação entre os dois períodos supracitados.

Desnecessário destacar que esse tipo de levantamento oficial não é feito no Brasil.

O cidadão britânico, apesar da estatística, continua descrente, no que toca à repressão, nos sistemas policial e judiciário. E não interferiu no juízo do cidadão o fato de haver ocorrido diminuição na prática de crimes com violência à pessoa, com exceção aos homicídios. Os homicídios subiram de 53 (abril a junho de 2006) para 56 (abril e junho de 2007).

Com relação aos delitos contra o patrimônio, constatou-se um insignificante (para fins estatísticos e comparativos) aumento daqueles perpetrados com emprego de arma de fogo.

Por outro lado, houve redução de consumo de maconha e derivados canábicos entre adolescentes.

Para o responsável pelo Home Office, os resultados são encorajadores. Tony McNulty quis se referir à estabilização de alguns delitos e o aumento geral de apenas 1% dos chamados crimes violentos.

Os levantamentos começaram a ser realizados pelo Home Office no ano de 1982. E desde que iniciados, frisou o referido Tony McNulty, os dados mostram uma diminuição dos crimes contra as pessoas e nos furtos nas residências. Estes caíram a ponto de revelar um grande progresso nas medidas governamentais implementadas por meio das policiais.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet