São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

CULTURA: Barraco no Quadrilatero della Moda di Milano

Por IBGF/WFM

IBGF, setembro 2006.



Mais de 500 convidados compareceram para assistir o desfile de lançamento da moda feminina outono-inverno 2006 do estilista Roberto Cavalli.

Kate Moss estava entre as modelos e um público endinheirado estava ansioso pelo desfile exibindo roupas de pele de animais.

Encerrada a mostra de outono, um grupo de ativistas invadiu a passarela e impediu fossem mostradas roupas feitas com peles de animais.

Os ativistas carregavam cartazes e distribuíram panfletos chamando Cavalli de assassino de animais.

Seguranças truclentos entram em cena para expulsar os ativistas do recindo e, em pecial, da passarela. Os brutamontes, no entando, chegarm tarde, pois o evento já estava comprometido.

Os ativistas pertencem a grupos de proteção ambiental e de proteção de animais, ainda que criados em cativeiro. Só admitem que os estilistas empreguem a chamada "pele sintética".

O famoso quadrilátero milanês da moda é formado pelas vias Monte Napoleone, Borgopesso, Sant´Andrea e Spiga. Nesse quadrilátero estão os ateliês dos grandes criadores do prêt-à-porter e da alta costura milanesa.

Num panfleto agressivo constou a velha máxima dos ativistas que protegem animais, ou seja, "o sonho de uma onça é ter um casaco de pele de prostituta".

Confira abaixo foto de Kate Moss, já desintoxicada e longe do consumo de drogas ilícitas, com roupa de Cavalli, no Milano Moda Donna (Milão, Moda, Mulher).
Kate Moss veste Roberto Cavalli.



Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet