São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

CENSURADOS os Stones na China.

Por IBGF/WFM

IBGF-8 de abril de 2006.



O show foi no Grand Stage, no centro de Xangai. Começou com os Rolling Stones cantando "Star Me Up". As músicas censuradas pelo governo Chinês foram em número de cinco, tudo por falarem em sexo. Para os censores, tratava-se de apologia e a China tem problemas com a superpopulação, ou seja, nenhum incentivo é bem-vinto, pois pode representar o nascimento de mais chineses.

Foram vendidos 8 mil ingressos, a preços elevados. Os promotores do evento esperavam muito mais gente. Para muitos, o "rock" já era na China.

Os preços dos ingressos variaram entre 90 reais a 600 reais, feita a conversão à nossa moeda.

A divulgação do show foi pequena. Para se ter idéia, o jornal da comunidade inglesa na China, o China Daily, apenas deu uma matéria de uma página com Mick Jagger e Keit Richards, isso na véspera do espetáculo (8/4/2006) O jornal não deixou de lembrar que os jovens acham que o conjunto já está envelhecido. O líder Mick Jagger está com 62 anos, ou seja, ele é um ano mais novo que o presidente e secretário geral do partido comunista chinês, Hu Jintao. O ponto alto do show ocorreu quando Cui Jian, considerado o "Bob Dylan" chinês entrou no palco para cantar, com Jagger, a canção "Wild Horses". As músicas censuradas, pelo que se tem centeza, foram: (1) 'Honky Tonk Women', (2) 'Brown Sugar', (3) 'Beast of Burden' (4) 'Let's Spend the Night Together'. A quinta música censurada, não foi revelada, especulando-se que seria uma que teria a haver com drogas.

A proibição partiu de censores do Ministério da Cultura da China.

Na China, a música "rock" teve um início apagado, pois considerada, pelo partido comunista, um gênero musical da burguesia. O boom só ocorreu nos anos 90, em Pequim e quando o grupo musical Tang Dinasty adaptou-o a um modelo que agradou os jovens chineses. O grupo Tang Dinasty é ainda o mais popular em matéria de rock na China.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet