São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

Saddan Hussein: leilão de objetos pessoais por internet

Por IBGF/WFM



Durante 13 anos, Haitam Rashid Wihaib foi o chefe do cerimonial do ex-ditador Saddam Hussein. Ele trabalhou com Saddam de 1980 a 1993.

Em 1994, Rashid caiu fora de Bagdá. Conseguiu levar a mulher, os filhos e um bom dinheiro. A família mudou-se para Londres, onde vive num luxuoso apartamento, localizado em bairro aristocrático da cidade.

Rashid, de 54 anos de idade, já ganhou um dinheirão em Londres. Isso vendendo relatos sobre o cotidiano de Saddam.

Certa vez, Rashid deu uma entrevista a um jornal norte-americano e cobrou 5.000 libras esterlinas, ou seja, pouco mais de 7.200 euros. Nessa entrevista, revelou que Saddam fazia uso de cocaína e de heroína, além de inclinação sexual para mulheres mais jovens.



Rashid é muito requisitado pela mídia, onde analisa os acontecimentos no Iraque. Fora isso, Rashid viaja para conferências no Japão, EUA e Austrália. E cobra preço altíssimo pelas suas palestras, onde não faltam as confidências que as platéias desejam ouvir.

O livro escrito por Rashid foi um sucesso de vendas na Inglaterra. E chegou a interessar Hollywood, que prepara um filme sobre o ex-ditador.

A última de Rashid foi colocar à venda objetos pessoais de Saddam, que ele afirma ter ganho de presente do ex-rais (presidente, em árabe).

O leilão desses objetos será pela internet. Está marcado para acontecer no dia 14 de setembro próximo.

Tal leilão vem desagradando o atual embaixador do Iraque no Reino Unido. O embaixador chama Rashid de mentiroso e de estelionatário. Mais ainda, sustenta que os bens em leilão são falsos, ou melhor, nunca pertenceram a Saddam Hussein.

Às acusações do embaixador, Rashid tira de letra e diz que ele está enciumado. "Que pretende o embaixador, com inverdades, esvaziar o interesse pelo leilão, para não ficar patente a curiosidade que Saddam Hussein ainda desperta".

Dentre vários objetos que serão leiloados pela internet, será vendida a caneta que, segundo Rashid, o ex-ditador assinou a autorização para a execução de 66 condenados (presos políticos), episódio acontecido em 1979.

Também será leiloada a cigarreira que Saddam ganhou do tio, quando matou o primeiro homem na sua vida.

Chama a atenção, ainda, um par de óculos escuros. Conforme Rashid, os óculos eram usados por Saddam quando fazia as orações defronte ao sol e segurando um rosário de pérolas. Aliás, o tal rosário está á venda.

Pelo que se percebe, Rashid é um espertalhão que fatura com o fato de haver sido o chefe do cerimônial do ex-rais Saddam.

Quanto aos objetos leiloados terem pertencido efetivamente a Saddam Hussein, há quem sustente que até Deus duvida.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet