São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

OLIVER STONE: processo por uso de maconha

O premiado diretor de cinema Oliver Stone compareceu à Corte de Justiça Criminal de Los Angeles (11 de agosto de 2005) para ouvir a acusação de ter sido surpreendido na posse de maconha para uso próprio.

Oliver nunca negou o uso de maconha,


Stone já ganhou 2 Oscars como melhor diretor de sinema. Também 2 pelo melhor roteiro, fora uma infinidade de outros prêmios como, por exemplo, o Urso de Prata de Berlim.

Dirigiu filmes que bateram recordes de bilheterias, como "Um domingo Qualquer", Reviravolta, Nixon, Entre o Céu e a Terra. Sua última atuação foi a direção do filme que mostra o lado humano dentro da tragédia terrorista de 11 de setembro.

Perante a Corte de Justiça, o diretor Stone ouviu a acusação e preferiu silenciar. Ou seja, não se declarou culpado e nem inocente.

A acusação se refere a fato ocorrido em maio de 2005, quando a polícia diz ter encontrado com ele uma porção de erva canábica. A detenção ocorreu no Sunset Boulevard de Los Angeles.

Oliver Stone: 4 Oscars e um tolo processo.


Em face do silêncio, a instrução criminal, com ouvida de testemunhas e sentença, será marcada para breve.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet