São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

Livro:Velho Novo Jornalismo, de Gianni Carta

Com larga experiência como correspondente internacional, o jornalista Gianni Carta publicou, pela Editora Códex, a obra intitulada "VELHO NOVO JORNALISMO".

Gianni trabalhou 14 anos como como correspondente nos EUA. Há 10 anos reside em Londres, onde realiza pesquisas, produz artigos e reportagens. É correspondente em Londres da Revista Carta Capital. Além de matérias, assina a coluna Trópico de Câncer

. O capítulo inicial do recém-lançado livro tem o título "Guerreiros, aventureiros e armas". Lá está, por exemplo, a entrevista com Bob Denard, o mais famoso dos Cães de Guerra, hoje chamados de neo-mercenários. A entrevista está reproduzida neste site do Instituto Brasileiro Giovanni falcone, na seção "entrevistas".

O leitor poderá encontrar, também, toda a história da insuperável Kalashnikov (AK47), "a arma mais assassina da História" e que completou 50 anos em 1997. Trata-se da arma da predileção das Máfias intenacionais e do Comando Vermelho do Rio de Janeiro

. Como já foi frisado, "em Velho novo jornalismo, Gianni Carta dá mostra de como a notícia pode ganhar vida ao sert tratada como boa narrativa".

Pela famosa revista GQ espanhola, Gianni Carta foi chamado de "intrépido correspondente". Seu profissionalismo fez com que enfrentasse, com altivez, riscos de vida ao retratar o comércio internacional de armas de fogo e o tráfico de drogas ilícitas

Resumindo, um livro que não pode deixar de ser lido pelos que se dedicam aos estudos e pesquisas a respeito do fenômeno representado pela criminalidade organizado, onde também está o terrorismo

Gianni Carta, nascido em São Paulo, é formado em Ciências Políticas pela Universidade da Califórnia (UCLA). Tem o título de mestre em Relações Internacionais pela Universidade de Boston (BU)


© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet