São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

Banda famosa tem clipe barrado na TV britânica.

Por IBGF/Jornal do Terra

BARRADO NO BAILE

A banda The Streets é conhecida na Inglaterra como a banda de um homem só, ou seja, de Mike Skinner.

Os álbuns musicais do The Streets e os cds-simples gravados posicionam-se no topo das paradas de sucesso britânicas.

Os jovens "curtem" Mike Skiner já deu entrevista reproduzida no Portal do Terra, no programa Café Europa, produzido pela BBC ( a entrevista pode ser acessada via pesquisa na google, isto lançado o nome de Mike Skinner).

Mike acabou de gravar um vídeo-misical, cujo título é "Blinded By Lights".

Esse vídeo não poderá ser exibido na BBC e nem n ITV britânicas. Na MTV, esse vídeo apenas poderá ser exibido depois das 23 horas.

O motivo do veto de exibição na BBC e ITV, ---há quem fale até em censura e não em veto da programação interna das Tvs--- é o excesso de drogas, violência e sexo.

A “censura” virou a alegria dos tablóides ingleses. No tablóide Sun, por exemplo, foi destacado que o vídeo é forte e explicíto nas cenas, como desejava Mike: "desejava que a canção pintasse realisticamente uma situação de se de usar drogas". O clip, por evidente, é impróprio para ser visto enquanto se janta.

O referido vídeo dos Streets conta a história de um jantar de noivado. Mike Skinner faz o papel daquele que espera, por toda a noite, a chegada da sua amada.

O personagem se desespera pela ausência da companheira. Então, começa a realizar elucubrações mentais, alimentadas pelos consumos compulsivos de cocaína, drogas sintéticas e muita bebida alcoólica.

O polêmico clipe musical,--Blinded By The Lights-- pode ser visto ser visto no site www.the-streets.co.uk

. Ele pode ser visto, em parte, no www.terra.com.br//jornal do terra. Para isso, é só acessar, na TvTerra-JornalTerra-, apresentado pelo jornalista Milton Jung, o comentário de Wálter Fanganiello Maierovitch

A proibição do vídeo vem num momento em que o Reino Unido busca uma nova política para a prevenção e redução à elevada demanda às drogas.

Pelo que se comenta, pesou na decisão da não exibição do vídeo de Mike Skinner, o contido no recém divulgado relatório da agência antidrogas inglesa.

O relatório revelou que 20% dos jovens, --entre 11 e 15 anos de idade---, consomem drogas da chemada faixa A, ou seja, maconha e anfetaminas, considerdas por eles drogas de diversão.

Esse uso representa um custo social de 35 mil libras (fonte Health Development Agency-HDA) esterlinas ao ano: internações, acidentes, desintoxicações, etc.

A economia movimentada pelas drogas da "faixa A", segundo dados da Health Development Agency (HDA) representa, por ano, de 10 a 17 ~bilhões de libras esterlinas.

No momento, busca-se, na Inglaterra, programas preventivos de intervenção global, ou melhor, nas escolas, centros comunitários e sociais.

Chegou-se à conclusão que os programas nas escolas só têm eficácia por breve tempo. Por isso e numa numa política, os programas preventivos precisam atingir toda a comunidade, de modo interativo.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet