São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

FONTANA di TREVI.Depois da atriz Anita Ekberg (1960, La Dolce Vita) uma mulher de 40 anos mergulha nua.

Por IBGF/WFM

.
23 de abril de 2007.

1960.Anita Ekberg, em La Dolce Vita, de Frederico Fellini





Segunda a lenda, aquele que, de costas para a Fontana de Trevi, joga uma moeda nas suas águas pode ter a certeza de que voltará a visitá-la em outra viagem.

Depois que o genial Fellini colocou e filmou Anita Ekberg dentro da Fontana, numa cena inesquecível do La Dolce Vita, molhar-se nas águas da Fontana de Trevi virou sonho de muitos. Daí e para conter turistas, a polícia minicipal dobrou o número de agentes.

O estilista Valentino, em 1995, colocou Cláudia Schiffer nas águas da Fontana de Trevi e num vestido igual ao usado por Ekberg. Foi um spot de grande sucesso publicitário da Valentino.

Com os policiais municipais atentos, os meninos pobres só podem recolher as moedas jogadas pelos turistas durante a madrugada, quando a Fontana é esvaziada para limpeza.

Durante o dia, nem pensar em mergulhos, com turistas empilhados vendo a belíssima Fontana e tirando fotos inesquesíveis para as suas vidas.

2007. Roberta, nascida em Milão. Um pouco de sol para bronzear e um mergulho na Fontana di Trevi, para espanto do policial da figilância e alegria dos turistas.


Em dia de futebol, no verão, a vigilância é redobrada para evitar "tifosi" (torcedores) e ultrà (torcedores violentos) nas águas da Fontana de Trevi.

No último domingo (22 de abril de 2007) e com clima atípico de verão,-- embora seja início de primavera--, a Fontana di Trevi estava cheia de turistas. Às 14 horas, a temperatura era de 29 graus.

Aí, Roberta, nascida em Milão e em passeio por Roma, tirou o tênis e as vestes de ginástica e, totalmente nua, mergulhou nas águas límpidas settecentesca Fonta di Trevi, projetada pelo arquiteto Nicolò Salvi. Por um quarto de hora, Roberta, sempre nua, refrescou-se nas águas. Os turistas fotografaram e aplaudiram Roberta intensamente.Os vigilantes municipais tinham dado uma escapada do serviço, talvez para um refresco, dado o sol forte.

Depois do banho, Roberta deitou-se ao sol, numa das pedras altas da Fontana. O agente municipal, então, começou a apitar, enquanto Roberta, já exposta nua ao sol, fingia que não era com ela. O policial municipal teve que escalar a pedra e pedir para Roberta sair de lá e se vestir. E Roberta, que trabalha no comércio em Milão, foi ovacionada. Ao carabineiro que apareceu para dar uma mão ao vigia municipal, Roberta falou: "A água é de todos, estava sentindo muito calor"


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet