São Paulo,  
Busca:   

 

 

Cultura

 

FESTIVAL DE SANREMO. Música Antimáfia vence, na categoria reservada aos jovens.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

FABRIZIO MORO, primeiro da esquerda para a direira.



Terminou no sábado (3 de março de 2007), a 57a. edição do famoso Festival de Sanremo, que Roberto Carlos já venceu, com música do saudoso Sergio Endrigo.

Neste 2007, na categoria reservada a jovens "cantautore" (cantor-compositor), venceu Fabrizio Moro (foto ao lado), com a música intitulada Pensa. Um convite à reflexão por parte da sociedade civil e uma homenagem às vítimas da criminalidade organizada de modelo mafioso.

Para a irmã do juiz Paolo Borselino, morto pela máfia em uma explosão, a música Pensa "é uma canção que convida è reflexão contra todo tipo de violência".

Maria Falcone, irmã do juiz-mátir Giovanni Falcone, disse ao jornal Corriere della Sera, que a memória é feita de tantas coisas e, quando lembrada, alcança os jovens que não conheceram Falcone e Borselino.

Para Walter Feltroni, prefeito de Roma, nesta edição de Sanremo voltaram, num bom momento, as canções de conteúdo social e civil. Na América Latina faem sucessos os "corridos" e, em muitos deles, são mencionados feitos de traficantes, como Pablo Escobar, o maior traficante de todos os tempos.
Prédio municipal onde se relaiza o anual Festival de San Remo


Segundo o italiano Francesco Forgione, presidente da comissão parlamentar antimáfia, " não existem apenas resmos apologéticos da Camorra nas "neomelodici" (equivamente aos Corridos latino-americanos), mas, também, "rap" de rebeldias e desobediências às máfias".

O grande vencedor do Festival foi Simone Cristicchi, com a música "Presentearei você com uma Rosa", um "soft-rap" que se inspirou naqueles com problemas mentais.
WFM, 5 de março de 2007.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet