São Paulo,  
Busca:   

 

 

Espiões/D.Humanos

 

DESAPARECIDOS: presos políticos assassinados.

Por IBGF/WFM

A Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos de São Paulo convida para o traslado dos restos mortais de Flávio Carvalho Molina.
São Paulo, 10 de outubro, segunda-feira, 10 hora.
Será no Auditório do Ministério Público Federal de São Paulo, à Rua Peixoto Gomide, 768, próx. à Avenida Paulista.

Os restos mortais de Flávio Carvalho Molina, assassinado em tortura pela ditadura e enterrado com nome falso de Álvaro Lopes Peralta na vala clandestina de Perus, foram identificados no dia 2 de setembro último, após 15 anos de abertura da vala.

Flávio Carvalho Molina.


Balada para alguém distante
*de Flavio Molina
Por que alguém, mais dia menos dia, Fica ausente?
Brincando com o coração da gente Tirando a nossa alegria...
Por que alguém, mais dia menos dia, Deixa tudo?
Deixando também um coração mudo De tanta melancolia...
Por que alguém, mais dia menos dia, Parte para um lugar distante?
Causando uma dor talhante, Que ninguém mais avalia..."
Minha presença
A dor que te devora
Muitos a têm agora.
Reage!
Luta contra ela,
Pois senão te dilacera
E ainda mais vais sofrer,
Pois continuará a doer.
Estou aqui.
Aqui, bem junto a ti.
Posso não estar presente
Mas por mais que me ausente Sempre estarei aqui".
Flávio Molina, 12 de fevereiro de 1969


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet