São Paulo,  
Busca:   

 

 

Espiões/D.Humanos

 

AL Gore tromba com Camioneiro.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

13/10/2007.

Al Gore.


Al Gore, com o documentário “An Inconvenient Truth” (Uma Verdade Incômoda), conseguiu faturar um Oscar e dividir o Nobel da Paz de 2007.

Tornou-se cult , referência internacional principal quando em debate a questão do aquecimento global.

Certamente não estava nos seus planos cruzar com um camioneiro britânco ded Kent, pai de dois estudantes de escola secundária britânica.

O camioneiro britânico preocupou-se com a compra, pelo governo do seu país, de 3.500 cópias do documentário de Al Gore. Isto para exibições em escolas do Reino Unido: num primeiro momento em Londres e no País de Gales. E o camioneiro preocupou-se porque o documentário seria assistido pelos seus filhos, na escola.

No exercício do seu direito de cidadão, o camioneiro foi a Justiça britânica. E a alta Corte de Justiça entendeu que o documentário é político e com muitos erros.

Por exemplo, não é verdade que os ursos polares estão morrendo afogados ou de calor em razão do desgelo gerado pelo aquecimento global. Apenas quatro ursos morreram e isto em razão de uma tempestade.

Os juízes da Corte de Justiça britânica, dentre outros erros, verificaram, com base em pareceres científicos de expertos consagrados, que não existe prova de o efeito estufa estar a derreter as neves do Kilimanjaro. No particular, a afirmação do documentário é incorreta.

A Corte superior de Justiça não proibiu as compras e nem as exibições. Determinou, no entanto, que os professores, na escolas britânicas, preparem-se para informar aos alunos os erros, as discordâncias entre especialistas, as críticas ao documentário. Mais ainda, que os alunos saibam tratar-se de um “documentário político, alarmista e com exageros”.

A grande vitoria foi o camioneiro de Kent, dada a sua inestimável colaboração aos jovens estudantes.

Numa entrevista coletiva, -- depois do julgamento--, o camioneiro frisou: “ a visão única sobre uma questão de tamanho relevo e de interesse planetário pode ter o efeito de lavagem cerebral”

PANO RÁPIDO. Chego a imaginar uma reunião do camioneiro britânico com os camionerios brasileiros. Aqueles que usam droga psicoativa, apelidada por eles de “arrebite”. Eles se drogam para conseguir, -- com a carga transportada---, chegar ao destino no prazo estabelecido pelas transportadoras.

Com esse comportamento irresponsável e imprudente, têm causado colisões e mortes nas estradas. No particular, o efeito da droga (“arrebite”) não dá pré-aviso de término: o camioneiro, de repente, “apaga” (dorme) no volante.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet