São Paulo,  
Busca:   

 

 

Espiões/D.Humanos

 

Narcoditadura: a Nobel da Paz continuará presa.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

1 de outubro de 2007.

Aung San Suu Kyi.


A Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, continuará presa. O pedido de Ibrahim Gamabari, enviado especial da ONU para a Birmânia (Myanmar) não foi aceito pelos militares.

Depois de conseguir por uma hora encontrar-se com Suu Kyi, o nigeriano Gambari, 62 anos, recebeu o primeiro não dos militares que, há 45 anos, controlam o poder na Birmânia.

Gambari espera, no encontro com o generalíssimo Than Shwe (chefe do Conselho de Estado para a Paz e o Desenvolvimento e númeo 1 da JuntaMilitar desde 1992), voltar a carga. O supracitado nigeriano é um diplomata experiente e cauteloso. Foi ministro das relações exteriores da Nigéria, ao tempo da ditadura do general Sanny Abacha. Com a morte do ditador Abacha (1998), virou embaixador da Nigéria junto à ONU (1990-1999), isso a demonstrar o acerto de Tomasi di Lampedusa, no clássico O Gattopardo: “ tudo mudar para que tudo continue como está”
Nas Nações Unidas, Gambari foi secretário geral adjunto, encarregado de negociações políticas. Hoje, faz parte da corte de Ban Ki-mon, atual secretário geral na sucessão de Kofi Annan. Gambari é o secretário de Ban Ki-mon.

Pela terceira vez que Gambari está na Birmânia, em missão da ONU. As duas primeiras ocorreram em 2006, quando foi recebido pela Junta militar que manda no país, além de encontros com os generais em funções de premier e presidente.

Gambari é formado em economia pela London Scholl of Economics. Pela Columbia University fez o máster e tornou-se “phd” em relações internacionais. Como professor, lecionou na City University de Nova York.

PANO RÁPIDO . Os militares que tomaram o poder na Birmânia sabem que os monges seguem o budismo theravada , ou seja, são pacifistas mas ativos socialmente. Como são pacíficos, os militares conseguem prendê-los com facilidade e, principalmente, sem baixas. A Liga Nacional, --que tem como líder Suu Kyi e símbolos um pavão e um dragão vermelhos--, não tem nos planos a promoção de luta armada para a derrubada dos narcoditadores.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet